// O ARMÁRIO //

//

O ARMÁRIO

 

SARA & ANDRÉ

 

Bum! Pum! Fogo! Crac! Bang.

04/03/2017 - 13/04/2017

folha de sala

Sara & André nasceram, em 1980 e 1979, em Lisboa, onde vivem e trabalham. Estudaram, respectivamente, Realização Plástica do Espectáculo na Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa, e Artes Plásticas na Escola Superior de Arte e Design, nas Caldas da Rainha. Juntos estudaram pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes (Lisboa, 2008-2011). Expõem regularmente desde 2006.

 

Das suas exposições individuais, destacam-se: A Matriz e o Paradigma (3+1 Arte Contemporânea, Lisboa, 2016), Pequeno Museu da Rua de São Bento e Arredores (Zaratan Arte Contemporânea, Lisboa, 2015), Running the Museum (MNAA / Curatorial Clube, Lisboa, 2015), Exercício de Estilo (MNAC - Museu do Chiado, Lisboa, 2014), Greve (3+1 Arte Contemporânea, Lisboa, 2013), Cheap Trick (Queen’s Nails Projects, São Francisco, EUA, 2011), Sara & André (Inflight, Hobart, Austrália, 2010), Claim to Fame (Fundação PLMJ, Lisboa, 2010), Sara & André (3+1 Arte Contemporânea, Lisboa, 2008), Sara & André’s Foundation (Rosalux, Berlim, Alemanha, 2007) e Sara & André (PêSSEGOpráSEMANA, Porto, 2007). Desenvolveram, igualmente, projectos individuais nas feiras Just Mad, em Madrid (Espanha, 2010) e Arte Lisboa (Lisboa, 2008), bem como em espaços expositivos alternativos tais como Nextroom (Nextart, Lisboa, 2013), Old School (Teatro Praga, Lisboa, 2011) e Espaço ao Cubo (Centro Comercial Alegro, Lisboa, 2010).

 

Participaram em diversas exposições colectivas, das quais sobressaem: - já reparaste como o ponto de interrogação parece uma orelha, e como a interrogação se faz escuta? (Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa, 2016), Periplos / Arte portugués de hoy (CAC Málaga, Málaga, Espanha, 2016), Topología del Aura (Galería Bacelos, Madrid, Espanha, 2016), Grafización (Espacio Trapézio, Madrid, Espanha, 2015), Afinidades Electivas (Fundação EDP, Lisboa, 2015), Princípio Tautológico (Hangar, Lisboa, 2015), Contra/cto (3+1 Arte Contemporânea, Lisboa, 2014), Habitar a Colecção (Casa Museu Medeiros e Almeida, Lisboa, 2014), Projecto Correspondência (E/L Studio, Washington DC, USA, 2012), Ensayos Autónomos (OTR Espacio de Arte, Madrid, Espanha, 2012), O Riso (Museu da Electricidade, Lisboa, 2012), Dig Dig - Digging for Culture in a Crashing Economy (Plataforma Revólver, Lisboa, 2012), Declínio do Mundo pela Magia Negra (Casa das Artes de Tavira, 2012), Carpe Diem, 11ª Exposição (Carpe Diem, Lisboa, 2012), Sara & André / Gavin Turk (The Mews Project Space, Londres, UK, 2012), A Filosofia do Dinheiro (Museu da Cidade, Lisboa, 2010), A Museum is to Art what a great Translator is to a Writer (Galeria Baginski, Lisboa, 2010), A Beleza do Erro (Lx Factory, Lisboa, 2009), A Escolha da Crítica (Plataforma Revólver, Lisboa, 2009), Trabalhar Cansa (Espaço AC, Lisboa, 2007) e  Anteciparte (Páteo da Galé, Lisboa, 2006).

 

Estão representados em diversas coleções públicas e privadas entre as quais se evidenciam: MNAC - Museu do Chiado (Lisboa), MAAT / Fundação EDP (Lisboa), Coleção Novo Banco (Lisboa), Fundação PLMJ (Lisboa), Coleção Marin Gaspar (Alvito), Coleção Norlinda e José Lima (São João da Madeira), Coleção Figueiredo Ribeiro (Abrantes) e Coleção Sarmento (Estoril).

PT | EN

© O ARMÁRIO 2018